Home / Cotidiano / Luto por Santiago Ilídio e dia melhores

Luto por Santiago Ilídio e dia melhores

Há um país desmoronando à nossa volta. Os noticiários são os piores: violência, revolta, corrupção. Não sei quando vamos nos tirar do atoleiro.

Apoiei os manifestos desde março do ano passado. Era uma causa mais que justa, cobrarmos ações do governo. O mais digno exercício da democracia e que, de certa forma, nos deu esperanças de dias melhores.

A participação do povo na formação de um país é algo belíssimo, mas no Brasil, a lei é de sempre tirar vantagem. Festa e circo, desde sempre.

Em meio às pessoas lutando por um país de igualdade, bandidos disfarçados entraram, literalmente, para a briga. Com o intuito de destruir o movimento, baderneiros e assassinos estão acabando com a credibilidade do povo nas ruas.

A morte do cinegrafista esfacelou sua família e milhões de brasileiros que lutavam por um Brasil mais justo.

Há indícios de que os assassinos de Santiago Ilídio estão ligados a deputados e partidos. E eu não duvido. Os protestos estão, sim, sendo conduzidos por políticos, nenhum pouco ligados à verdadeira causa, mas em defesa dos seus interesses sórdidos.

O país de Lula e Dilma é uma terra sem lei. A omissão da segurança pública e o despreparo de quem a executa nunca foi tão notável. Estamos à mercê da bandidagem. O quesito educação inexiste. A saúde padece à beira da morte e não há esperança de dias melhores.

O ciclo vicioso da violência prossegue. Há quem queira fazer justiça com as próprias mãos, mas acabam agindo como selvagens. E assim, a roda viva e errante do brasileiro vai seguindo seu curso.

Os olhos do mundo voltados para o Brasil e o brasileiro aniquilado no seu próprio país.

Veja Também

Uberabenses pagam mais caro com cartões

É comum, mas ilegal, comerciantes cobrarem valores diferenciados para serviços e produtos pagos em dinheiro (espécie) e cartões de débito ou crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *