Home / Destaque / Empresa atrasa pagamentos e revolta clientes

Empresa atrasa pagamentos e revolta clientes

Clientes da empresa de soluções tecnológicas, Mercancia, estão indignados com a falta de repasses dos pagamentos, que estão suspensos desde fevereiro.

O aplicativo, oferecido para pessoas físicas e jurídicas, disponibiliza transações com cartões de crédito, através de celulares, computadores e tablets.

Os recebimentos são creditados na conta bancária do grupo Mercancia e, descontados os valores cobrados pela prestação de serviços, são depositados para os usuários do sistema.

O prestador de serviços, Luis Henrique Nogueira de Freitas, conta que utiliza o aplicativo a pouco mais de um ano e, apesar de outros atrasos, nunca houve tanta demora no recebimento. “Já fizeram os repasses com 15 ou 20 dias, desta vez, são mais quatro meses de espera e um prejuízo de quase seis mil reais. Trabalho com prestação de serviço, achei que tivesse encontrado uma maneira segura e menos burocrática para realizar os recebimentos com cartões de crédito, mas, pelo visto, fui enganado”.

O Mercancia não cobra taxas de manutenção e mensalidades, apenas uma taxa de adesão de R$ 150,00 e juros de 4% a 5% nas operações de créditos à vista ou parcelado.

A reportagem tentou entrar em contato com os responsáveis pela empresa, em Uberaba, mas não obteve retorno.

O site da empresa continua em funcionamento, mas o suporte online, oferecido aos clientes, não está disponível.

O escritório da empresa, localizado no bairro Santa Maria, está fechado, a comunicação visual da fachada foi retirada e os telefones disponibilizados para contato e suporte não atendem.

Como resposta da empresa, os clientes têm apenas uma mensagem gravada, informando sobre a liberação de pagamentos nos próximos dias.

Veja Também

Uberabenses pagam mais caro com cartões

É comum, mas ilegal, comerciantes cobrarem valores diferenciados para serviços e produtos pagos em dinheiro (espécie) e cartões de débito ou crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *